Vida de goleiro

img_7232

De volta ao clube, Rogério Maia fala sobre o treinamento dos goleiros durante a pré-temporada.

Ainda faltavam alguns minutos para começar o treino, mas no gramado já era possível observar uma movimentação perto das traves, algumas bolas preparadas para serem usadas. Em seguida, antes do restante do grupo, Rogério Maia, preparador de goleiros, e seus comandados iniciam a atividade. Uma rotina que se repete a cada dia.

“O goleiro tem um treinamento específico, por ser uma posição de erro zero, ela precisa de uma concentração muito alta e também visualizar o meio que ele vai enfrentar, por isso na maioria das vezes nós começamos antes os trabalhos”, declarou Maia.

“O aquecimento dos goleiros muitas vezes acaba sendo mais longo, então é necessário ter alguns cuidados especiais, tanto na questão física quanto questão técnica”, emendou o preparador de goleiros do Verdão.

E na maioria dos casos, para os goleiros vale a velha máxima de que eles são os primeiros a chegar e os últimos a saírem. Isto porque os goleiros são essenciais em várias atividades específicas que acabam sendo estendidas após o término dos treinamentos. “O goleiro acaba saindo depois porque às vezes participa de cobranças de falta, trabalhos de bola parada, ou ainda, aprimora algumas situações, como a reposição de bola ou a saída de gol”, complementou Rogério Maia.

Retorno

A volta do preparador de goleiro Rogério Maia é uma das novidades da comissão técnica coxa-branca em 2014. O profissional trabalhou no Alviverde em 2012, mesmo período em que também era o responsável pela preparação dos goleiros da Seleção Brasileira Sub-20.

Pelo Coritiba, Maia, como é chamado no dia a dia, conquistou o tricampeonato paranaense em 2012 e era membro da comissão técnica quando o Alviverde chegou à decisão da Copa do Brasil de 2012. Antes de retornar ao Coxa, Rogério Maia trabalhou no Internacional de Porto Alegre e no Criciúma.

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>