jean

Jean explica que estratégia usada em pênalti é para “desestabilizar o batedor”

jean

Jean

Goleiro conta que aprendeu a tática com preparador da posição que hoje está na Chapecoense. Apesar da defesa, Jean não conseguiu evitar a derrota do Bahia.

https://globoesporte.globo.com/ba/futebol/times/bahia/noticia/jean-explica-que-estrategia-usada-em-penalti-e-para-desestabilizar-o-batedor.ghtml?utm_source=whatsapp&utm_medium=share-bar-smart&utm_campaign=share-bar

Quem observa Jean antes de uma cobrança de pênalti para a equipe adversária sabe que o goleiro tem uma estratégia um tanto diferente para tentar levar a melhor na cobrança. Em vez de ficar no centro do gol, o camisa 1 do Bahia se desloca para perto de uma das traves e ali permanece até momentos antes da batida, até que corre para o meio. Contra o Cruzeiro, a estratégia funcionou.

Thiago Neves correu para a bola e, aparentando tranquilidade, bateu no canto esquerdo de Jean, o oposto ao que ele estava antes da cobrança. O goleiro se atirou na bola com grande explosão e conseguiu fazer uma bonita defesa.

A estratégia do arqueiro de 21 anos foi aprendida com um preparador da posição que hoje está na Chapecoense. Em entrevista para o SporTV após a partida, ele explicou que é uma tentativa de desestabilizar o cobrador.

- É uma tática que aprendi com o professor Rogério Maia, que hoje está na Chapecoense, para desestabilizar o batedor. Se não der para pegar, que ele chute para fora – contou.

Só que a defesa de Jean não foi suficiente para evitar a derrota do Bahia – o time de Preto Casagrande perdeu por 1 a 0. Entretanto, na opinião do goleiro, o Tricolor merecia melhor sorte no jogo.

- O resultado do jogo não condiz com o que foi a partida. A gente teve algumas chances que não soubemos aproveitar. Complicado. Temos dois jogos agora para aproveitar e sair com a vitória – afirmou Jean.

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>